Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Girls can !!

Lifestyle

Lifestyle

Girls can !!

08
Dez18

Fazer tudo outra vez!!


Cátia Sofia Santos

Fazer tudo outra vez. Fazer de novo, fazer melhor. Olhar para a frente com o coração limpo. (Re)começar sabendo que a nossa essência não se define só nas rectas. Define-se e redefine-se, também, quando temos a coragem de voltar atrás, de corrigir a rota, de fazer tudo de novo, de reaprender a ser feliz.

74573ca7a123fcd829a39bff96710b32.jpg

 

Porque no dia em que começamos a sentir saudades de nós, dos planos que percebemos que fomos abandonados, das cedências que fomos fazendo, esquecendo-nos do que nos vez começar, é a hora de parar. Parar e ter a coragem de fazer o caminho de volta. Parar e repetir como um lema de vida: apesar das muitas declinações, latitudes, coordenadas, mapas e bússolas que a vida nos dá, quando ela simplifica, não sejamos nós a complicar.

03
Dez18

Começar 2019 em grande!!


Cátia Sofia Santos

Tu mereces. Depois de um ano longo, cheio de obstáculos e de desafios para superares, mereces relaxar no último dia do ano e começar 2019 com o pé direito. Que é como quem diz, rodeada de todas aquelas amigas que te deram a mão durante estes tempos difíceis. Aquelas que estão sempre lá para ti quando acabas com o teu namorado, que te levam chocolate a casa, ficam a ver um filme e acabam a chorar contigo.

 

Estou a falar, claro, do jantar da passagem de ano. Para mim, não há melhor forma do que entrar no novo ano rodeada dos amigos com quem queremos passar o próximo ano (e todos os seguintes). Mas não gosto de o fazer num restaurante barulhento e cheio de estranhos. E muito menos num bar em que há meia-noite já não se consegue ver o chão por baixo dos copos de plástico.

f7531944bed1c2aa8a0cbf1a4c93f41a.jpg

 

Chamem-me “velhota”, mas há muito que passo a meia-noite em casa. Às vezes, uma de nós dedica-se à cozinha e temos um jantar de ano novo como deve ser. Outras vezes, acabamos por aquecer pizzas congeladas. Mas sabem que mais? Foram as melhores pizzas que comi na minha vida toda.

 

Felizmente, agora já há outras opções que nos ajudam na planificação de eventos e festas. Uma delas é contratar um serviço de catering ao domicílio. Há alguma coisa melhor do que nos trazerem a comida a casa? Ou contratar um sushiman para preparar sushi em nossa casa? Ainda não decidimos exactamente o que fazer este ano, mas esta é certamente uma das opções.

 

Pelo menos, para quem vive nas grandes cidades! As empresas de catering de eventos em Lisboa e de catering de eventos no Porto têm-se multiplicado - mas acredito que para a passagem de ano seja necessário reservar com antecedência, pelo menos nas empresas melhores! Portanto… do que estão à espera para começar a organizar o vosso jantar de passagem de ano?

 

df32a1d12f4bc9d29b25ba9211cc73b6.jpg

 

01
Dez18

Respiro a acreditar...


Cátia Sofia Santos

Respiro a acreditar que a forma mais simples de ser feliz é - de vez em quando - fazer um resert. Ter a coragem de limpar tudo. De arrumar no sótão o que não faz falta (mas foi lição e devemos guardar); de deitar fora o que não presta (o que magoou e não merece ocupar espaço) ; de organizar e dar prioridade ao que fica (e nos faz bem) ; e de seguir em frente com esta casa - que é o nosso coração limpo.

Respiro a acreditar que o unico caminho que mereço é o que vou mantendo limpo, leve e simples, com decisões e escolhas feitas na primeira pessoa.

 

562a18748933d29f4ad65ef8b2c44881.jpg

 

29
Nov18

DC7


Cátia Sofia Santos

Olá meus amores, 

Sim eu sei, tenho andado ausente, mas o cansaço é tanto que nem consigo produzir conteúdo para vocês.

Mas mesmo com o cansaço, consegui ir ao showcase do David Carreira, na sábado passado, fui com a minha sobrinha mais velha.

Como é óbvio estava cheio de fãs, quase que acampadas à espera do David.

Estou completamente viciada nas novas músicas dele. Tenho o CD a dar em repeat no carro e no Spotify no telemóvel.

IMG_20181124_172930.jpg

2018-11-24 10.13.11 1.jpg

2018-11-24 10.15.28 1.jpg

2018-11-24 10.16.23 1.jpg

 

06
Nov18

Todos falham...


Cátia Sofia Santos

Todos falham, todos erram, todos caem, todos, em algum momento, desistem de coisas e de pessoas. Todos têm medo, todos têm dores, todos, num dia qualquer, ficam sem saber o que fazer. Todos têm dúvidas, todos querem ser gostados, todos, em algum fundo do poço, não encontram a coragem para mudar de lado. Todos perdem a fé-nos-outros, todos, em algum caminho, se perdem de si mesmos, todos choram e todos - tantas vezes - ficam cansados da vida.

Mas todos - todos mesmo - são muito mais fortes do que pensam. E todos - todos mesmo - têm mais coragem do que acreditam. Todos - todos mesmo - conseguem dar a volta por cima. E todos - e tu também - têm talento de sobra para ser aquilo de que não vale desistir: ser feliz.

05
Nov18

Promete não desistir.


Cátia Sofia Santos

Promete não desistir. Promete lutar, enfrentar, atravessar todos os obstáculos do teu caminho. Promete ser força e coragem quando os teus olhos se encherem de mar. Promete às vezes para para descansar, para respirar, para renovar o verbo "acreditar". Promete dar voltas e voltas por cima. Promete ir em frente. Promete munir-te sempre dessa arma fortissima que aprendeste a usar: o teu amor por ti. Promete nunca te esqueceres de ti e dos teus-tão-teus. Promete ter sempre esse coração que é casa, abrigo, pés descalços, colo fundo. Promete que as tuas derrotas serão sempre escolas, e que as vitórias serão gratidão.

02
Nov18

Não desanimes.


Cátia Sofia Santos

Não desanimes. Todas as coisas passam. As dificuldades, as tristezas e até mesmo as alegrias. A vida é um movimento continuo de altos e baixos, obedecendo aos ciclos que mudam de acordo com o que tu aprendes. Às vezes é mesmo importante parar. Respirar bem fundo, e observar o que pensas, como ages, que tens à tua volta. Aceita o que precisa de ser aceite. A vida, depois, encarrega-se de te trazer as coisas boas que realmente precisas. Ergue-te e segue em frente. E quando quiseres pedir alguma coisa pede coragem e paciência. Coragem para saber superar as dificuldades do caminho. E paciência para saber esperar pelas coisas certas no tempo certo.

01
Nov18

Sei bem como é.


Cátia Sofia Santos

Sei bem como é. Às vezes, duvidas de ti mesma. Agarras-te àquela vozinha irritante que passa a vida a dizer "Não sei se vai dar certo, não sei se és capaz, não sei se é isto que queres, não sei se é isto que não queres". Começas a questionar a ideia que tens de ti. Tens medo de perder, tens medo de falhar, tens medo de não ser o que os outros esperam que sejas. Tens medo de ter medo.

Um dia tudo muda. A tua imaginação comeca a dar-te pequenas pistas e pede-te que as sigas para que a tua vida avance. Aprendes a fazer stop nos loops de pensamentos tóxicos, aprendes a deixar assentar a poeira, aprendes que falhar faz parte, que levantar é condição para seguir em frente, que superrar é o teu nome do meio, que as expectativas dos outros são as dos outros, não têm de ser as tuas, que és capaz, que ser feliz tem muito mais a ver com o que és do que com o que tens, que os que gostam mesmo de ti não te falham, que não há nada mais bonito no mundo do que ter um coração-bom, e que no amor, como na vida, não podemos exigir dos outros aquilo que eles não são.

30
Out18

Recomeça V


Cátia Sofia Santos

Insiste onde e quando quiseres. Persiste sempre que o coração te disser :"Vai." Não baixe os braços ao primeiro não, mas não batas três vezes à mesma porta. Luta com tudo o que tens pelo que queres e pelo que acreditas. Ganha fôlego e força nos abraços dos teus. Não deixes que te digam que não és capaz e aprende a saber escolher as lutas que valem a tua respiração. Aprende todos os dias, com todas as pessoas que chegam à tua vida, que - quando queremos ver - há luz em todos os lugares, em todas as pessoas, em todos os recomeçar(es).

Abraça muito. Abraça sempre. Nas pequenas e nas grandes coisas. Com força e com esperança. Com vontade de apaziguar, de aliviar, de devolver aos outros (e a ti mesma) o verbo-fé :Acreditar.

29
Out18

Recomeça IV


Cátia Sofia Santos

Às vezes é preciso ir muito longe para se chegar mais perto. É preciso seguir em frente para voltar a acreditar que vai dar certo. Às vezes é preciso aprender a deixar ir e é preciso ter força, coragem e oxigénio para desfazer verdades absolutas e abrir o coração para o que (de bom) há-de vir.

Às vezes é preciso deixar que seja a vida a refazer o nosso mapa do coração e que seja ela a fazer planos para nós. É preciso dizer não sem sentir um peso no coração. É preciso aprender a aceitar que é bom sermos nós em primeiro lugar. É preciso acreditar que há (e haverá sempre) razões para acreditar, razões para respirar, razões para ter esperança e não desistir (nunca) de lutar.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Widgets