Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Girls can !!

Lifestyle

Lifestyle

Girls can !!

23
Out17

QUEDA DE CABELO? E AGORA? 10 CONSELHOS!!!


Cátia Sofia Santos

Saiba o que fazer para prevenir e combater a queda de cabelo.
Todos os dias perdemos entre 50 a 100 cabelos por dia! A queda de cabelo é, normalmente, um processo natural, pois temos sempre cabelos em fase de crescimento, repouso e queda, não é razão de alarme.

Apenas quando perceciona que tem uma queda acentuada é que pode estar na presença de um quadro de alopécia. Nesta situação existem mais cabelos na fase de queda do em crescimento, pondo em causa a renovação capilar. Mas não se assuste, não é habitualmente uma situação irremediável.

 

 

Adote alguns hábitos que o podem ajudar a diminuir o problema:

❶  Escove o cabelo antes da lavagem, de preferência com uma escovas de cerdas naturais e suaves e não o escove excessivamente.

 

❷  Lave o cabelo com água morna, evitando grandes variações de temperatura.

 

❸  Antes de secar o cabelo, retire o excesso de água com uma toalha, sem friccionar demasiado.

 

❹  Mantenha o secador a uma distância de cerca de 15 cm e a uma temperatura média.

 

❺  Evite manter o cabelo preso durante muito tempo com adornos, como ganchos e molas, que o agridam.

 

❻  Proteja o cabelo de agressões externas como o vento e a exposição solar em demasia: recorra para este último caso a protetores solares específicos para o cabelo.

 

❼  Modere o recurso a tintas, permanentes e alisamentos.

 

❽  Escolha produtos para a higiene e cuidado regular, adequados ao seu tipo de cabelo.

 

❾  Faça uma dieta equilibrada, rica em água, em frutas e legumes.

 

❿  Consulte um dermatologista se notar alterações no couro cabeludo.

 

 

22
Out17

O GUIA PARA FAZER COMPRAS NA NET!!!!


Cátia Sofia Santos

Cada vez é mas frequente comprar-se online, do que propriamente nas lojas. O facto de não ter que esperar em filas ou em provadores é meio caminho andado para a internet se tornar o meio ideal. No entanto ainda há muitas dúvidas quanto aos meios de pagamento. Descubra tudo aqui.

 

 

Viver sem internet é hoje em dia quase impossível e no que diz respeito a compras, é cada vez mais frequente comprar-se pela internet. Quer seja, roupa, decoração ou até mesmo supermercado, cada vez mais os portugueses preferem evitar as filas e comprar tudo à distância de um clique. Mas para o fazer é necessário que tenha atenção a algumas coisas e por isso, vamos dar-lhe 9 dicas para que compre em segurança pela internet.

Regra Nº1- Pesquisar sobre a loja ou marca:
A primeira regra é pesquisar em motores de pesquisa sobre o site, a loja online ou a marca em questão. As redes sociais também ajudam para pesquisar sobre a fiabilidade do site e saber os comentários e reviews de outros consumidores.

Regra Nº2 – Análise do site e políticas:
Depois de saber o feedback de outros clientes sobre o site, deve analisar a sua segurança e as políticas. Convém que este tenha um certificado digital de segurança facilmente identificado com um cadeado na barra de endereço. Já em relação às políticas de envio, condições, prazos de entregas, devoluções, métodos de pagamento e políticas de privacidade, estas tem que estar obrigatoriamente discriminadas para análise. É importante também verificar os contactos disponíveis, telefone, email, endereço fiscal e morada, para que caso tenha alguma dúvida ou problema saber com quem deve contactar.

Regra Nº 3 – Análise do produto e do preço:
Assim que começar a pesquisar e a procurar o produto que quer comprar, analise-o através das imagens, da descrição detalhada do mesmo, o tipo de material, normas de lavagem, tamanhos e medidas disponíveis, entre outros. Já há site com acesso a vídeos onde consegue analisar em detalhe o produto. Se este não tiver informações acessíveis deve questionar a credibilidade do site.
Em relação ao preço compare sempre antes de comprar e se for demasiado baixo deve desconfiar porque poderá ser uma falsificação.

Regra Nº 4 – Origem e compras internacionais:
É muito importante saber o país de origem do site, para evitar que a sua encomenda fique retida na alfândega, e evitar também prazos de envio muito alargados. Se a encomenda estiver a demorar mais do que o previsto deve alertar o site e estar sempre a par do processo de envio da encomenda. É muito importante que observe se existe um ícone de um cadeado na barra de endereço. Isto significa que o site é composto por um certificado digital de segurança, o que lhe permite efetuar compras sem problemas.

Regra Nº 5 – Compra e pagamento:
Uma das opções mais seguras é o serviço de pagamento por PayPal, no qual não tem que colocar os dados do seu cartão. No entanto, há outros serviços seguros como os pagamentos por multibanco ou o MBNET. Evite a qualquer custo fazer compras através de computadores públicos, e confirme as atualizações e o antivírus do seu computador pessoal. Há sites que guardam as informações do seu cartão para facilitar compras futuras, no entanto, se alguém entrar com o seu login pode fazer compras em seu nome. Apague sempre todas as informações automáticas para evitar roubos.

Regra Nº 6 - Informações:

Visto que ao efetuar uma compra online não consegue ter a perceção do produto ao vivo e a cores, é fundamental que procure saber se o site apresenta serviços, como é o caso de um chat on-line, para tirar dúvidas e deixar a opiniões, fotos e descrição detalhada do produto, informação sobre o prazo de entrega, organização por categoria de forma a facilitar a procura, várias opções de pagamento e interação em redes sociais.

Regra Nº7 - Antecedência:

Se precisa de uma peça para um evento, ou um presente para alguém especial, deve fazê-lo com a máxima antecedência possível. Existem inúmeros motivos que podem fazer com que a sua encomenda demore a chegar, como por exemplo a confirmação de pagamento, atrasos do correio, ou até mesmo o facto de a loja não ter o produto em stock. Além disso, a peça pode chegar e não ser bem aquilo que esperava e nesse caso vai ter de ter tempo para trocar.

Regra Nº8 - Devoluções:

As lojas online tem um prazo de dias para poder efetuar a devolução do produto. Se não gostou, se não lhe serve ou se acabou por arrepender-se da sua escolha, tem no mínimo 7 dias após receber a encomenda para informar a loja das peças que vai devolver. Se isto acontecer, pode receber o valor pago ou então trocá-lo por outro produto, peça ou tamanho.

Regra Nº9 - Falsificações :

Apesar de todos os benefícios, a internet também tem os seus contras e neste caso é muito fácil encontrar-se falsificações. Embora os preços sejam muito mais apelativos, nem sempre vale a pena dar dinheiro por estas, até porque na maioria dos casos podem tratar-se de produtos que foram roubados ou então acabem por ficar presos na alfandega por se tratarem de imitações. Por isso, se pretende produto de uma marca mais cara, deve comprar nas lojas oficias, em revendedores autorizados ou no sites oficiais.

 

21
Out17

A HISTÓRIA DA AMERICANA QUE SE TORNOU PRINCESA DEPOIS DE UMA IDA BANAL A UMA DISCOTECA!!!


Cátia Sofia Santos

Ariana Austin vive um verdadeiro conto de fadas da Era Moderna.

 

 

 

Uma vulgar saída noturna em Washington, em 2005, levou Ariana Austin a conhecer, literalmente, o seu príncipe.

Acompanhada por uma amiga, a americana conheceu num baile em uma discoteca Joel Makonnen, um discreto príncipe da Etiópia, com quem casaria 12 anos depois, tornando-se também ela uma princesa.

 

Ariana Justin tinha 21 anos quando Joel Makonnen, bisneto do último imperador da Etiópia, Haile Selassie I, a abordou num espaço de diversão noturna da capital norte-amerciana. Segundo o "The New York Times", Joel Makonnen tomou a iniciativa. "Disse-lhes que pareciam estar num anúncio do (gin) Bombay Sapphire", disse o aristocrata sobre o primeiro encontro.

"Não tinham ainda passado cinco minutos, quando lhe disse também que ela seria a minha futura namorada".

Joel Makonnen não revelou ser príncipe na noite em que conhecer a jovem Ariana, porque preferiu impressioná-la com conhecimentos de história, recorda ao referido jornal.

No mês passado, Ariana Justin e Joel Makonnen casaram-se numa igreja ortodoxa etíope com 13 sacerdotes e toda a pompa e circunstância que um casamento real exige.

07
Out17

3 FORMAS DE AGIR QUE LHE VÃO DAR VONTADE DE SORRIR PARA A VIDA!!


Cátia Sofia Santos

Há momentos em que as coisas não nos correm bem. Veja como deve proceder para atingir o objetivo de recuperar a serenidade, melhorando o seu quotidiano.

 

 

 

No nosso quotidiano, não faltam momentos difíceis. Quantas vezes, ao longo do dia, é que se aborrece com coisas sem importância, se deixa alterar por causa dos outros, fica frustrado ou mal-humorado? Todos estes episódios, por mais curtos que sejam, afectam a sua felicidade. Quer ter uma mente feliz? Tome nota e trabalhe estas três qualidades que deve trabalhar em si, associadas a pensamentos e comportamentos que deve potenciar:

1. Maior generosidade

Lembre-se que não é superior a ninguém e de que toda a gente merece ser feliz. Em casa, na rua ou no trabalho, não julgue ninguém a priori. Procure entender as razões dos outros e adequar o seus comportamentos, evitando frases ou ações que os tornem infelizes. Ser bom faz bem e a felicidade dos outros também pode ser a sua.

2. Enfoque na disciplina moral

Controle os seus pensamentos, palavras e ações. Não fira os sentimentos dos outros só porque tem um problema do qual ninguém tem culpa. Nalguns momentos, descarregar nos outros acaba por ser o caminho mais fácil. Por tabela, são os que nos estão mais próximos (e de quem gostamos mais) que levam. Um erro a evitar a todo o custo.

3. Mais paciência

Contemple todas as dificuldades como um modo de aprendizagem. Esta forma de encarar o seu dia a dia vai ajudá-lo a vê-las de forma mais positiva e a saber estimar mais as outras pessoas. Em períodos agitados e conturbados, como os que vivemos, a paciência é uma virtude que tende a ser relegada para segundo plano. Para para pensar. Em si, na vida... e nos outros!

02
Out17

SABEREMOS AMAR???


Cátia Sofia Santos

Olá meus amores...

 

As nossas relações estão doentes! Crescemos com uma série de crenças tão fora da realidade que nos prejudicam feroz e, amiúde, irremediavelmente. Crescemos achando que, por volta dos 16, 20, 25, 30 anos, vamos encontrar a pessoa perfeita, acertamos o passo, casamos, temos filhos e pronto, estamos dentro da ‘normalidade’.

 

SANTORINI VENTURE GUIDE

 

Se o prazo derrapa começamos a sentir-nos diferentes, porque as primas, as colegas, as amigas já encontraram alguém, algumas até já casaram, mas a mim não me acontece, porquê? Não sou digna? Não mereço? E eis que se inicia um período de dor complemente escusado.

É curioso, temos medo de ser diferentes porque temos medo dos comentários dos outros. A nossa auto-estima é frágil a este ponto; qualquer comentário nos abala, seja ele de alguém que nos é caro, seja de alguém que mal conhecemos. Qualquer mera opinião - porque é só mesmo de uma opinião que se trata - afecta-nos, melindra e vai corroendo-nos devagar, subtilmente. Vai minando a nossa fé em nós, na vida e vamo-nos fechando, fechando e fechando até quase não deixarmos entrar a Luz. Tornamos-nos sombrios, tristes, descrentes, em alguns casos até invejosos e rancorosos - a vibração baixa e com ela baixa a possibilidade de estarmos no nosso potencial, e só entanto bem connosco iremos encontrar a pessoa certa - e não a perfeita! - que nos irá acompanhar, fazer crescer e tornar-nos melhores. E, desenganemo-nos, essa pessoa vai magoar-nos, tal como nós magoaremos essa pessoa! Ela vai falhar, tal como nós vamos falhar! Ela vai, às vezes, dizer-nos o que não queremos ouvir; Ela vai, às vezes, ausentar-se quando mais precisarmos; Ela vai estar frágil quando precisamos dela… porque essa pessoa é apenas humana.

 

01
Out17

OBJECTOS QUE NÃO DEVE EMPRESTAR


Cátia Sofia Santos

Olá meus amores...

 

Tal como uma escova de dentes, também há uma série de objetos que não deve emprestar. E não, não é uma questão de egoísmo...

 

 

 

 

Muitas vezes, devido a algum contratempo, há objetos que se emprestam para desenrascar alguém. No entanto, apesar de serem coisas que não parecem tão óbvias, as bactérias acumuladas em muitos deles podem propagar-se. Saiba quais são e o que deve fazer relativamente à sua limpeza.

Elásticos e outros acessórios de cabelo
Quem diz elásticos diz ganchos, bandoletes, rolos de cabelo, etc... ao estarem em contato com o couro cabeludo podem transmitir bactérias, piolhos e outro género de germes. Tudo o que seja de pano deve ser lavado todas as semanas e os ganchos ou outros devem ser lavados com água e sabão e secos de imediato.

Pentes e escovas
Ao partilhar pode estar a habilitar-se a uma infeção fúngica, tais como caspa, pitiríase versicolor (alterações na pigmentação cutânea), entre outras. Água quente e detergente é o aconselhável para lavar qualquer um dos objetos.

Desodorizante
Neste caso em concreto fala-se do roll-on. As bactérias que produzem o mau cheiro estão presentes porque se assim não fosse não era necessário o uso de um desodorizante por isso, para além de não ser aconselhável emprestar, até para uso pessoa e sempre que precisar de reforçar, o ideal é que passe e limpe com uma toalha humedecida nas axilas.

Toalhas
Apartir do momento em que servem para enxugar a água do corpo, a concentração de humidade que fica retida é um excelente ambiente para a propagação de fungo, bactérias e mofo. É aconselhável que deixe as toalhas secar ao ar e não na casa de banho, que as troque a cada 3/ 4 dias e, claro está, não emprestar a que usar.

Phones dos ouvidos
Quando decidir partilhar com um amigo o seu gosto musical lembre-se que a cera de cada um de nós tem a sua própria flora bacteriana e esta, ao ser perturbada por outra, pode ser contaminada e dar origem a infeções. Para uma limpeza eficaz dos phones; que deve ser feita uma vez por semana; pode usar um cotonete um pouco humedecido com água oxigenada. Já os que têm capas de borracha ou silicone podem ser colocadas numa solução com um pouco de álcool.

Utensílios de pedicure, manicure e depilação
Além de ser altamente anti-higiénico, saiba que nos objetos cortantes é muito fácil de serem encontradas gotas de sangue, ainda que microscópicas. O risco de contrair doenças, herpes, fungos e outros não vale a pena. Limpe a superfície dos objetos com álcool.

Batom
Batom cieiro, batom, gloss, etc... são meios excelentes de transmissão de alguns vírus (herpes, etc...) e também não devem ser voltados a usar pela própria pessoa se porventura estiver com algum tipo de erupção. De vez em quando é necessário que limpe e remova a camada superior do produto para evitar acumulação de bactérias nocivas.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Widgets